Vereador Guga ignora crise do lixo que deixou centenas de trabalhadores desempregados e propõe mais alta comenda da CMJP para o superintendente da EMLUR

A proposta foi aprovada na sessão da Câmara Municipal de João Pessoa desta terça-feira (13) e contou com abstenção dos vereadores; Marmuthe Cavalcanti , Marcos Henriques, Carlão, Eliza, Junio Leandro, Bispo José Luís, Tarcísio Jardim, Coronel Sobreira e Milanez Neto.

Crise do LIXO em João Pessoa

A crise no setor de limpeza urbana de João Pessoa, desencadeada pela quebra unilateral de contrato da EMLUR com as empresas responsáveis, tem ocasionado um problema grave em nossa cidade, transformando as ruas em um lixão a céu aberto. As empresas anteriormente responsáveis foram dispensadas e, atualmente, a própria EMLUR é a responsável pela coleta de resíduos urbanos na capital. No entanto, todos sabem que os recursos da EMLUR para abranger a coleta de resíduos em toda cidade são limitados, deixando muitas áreas sem coleta. Agravando o quadro, a empresa LimpMax pagou seus funcionários, no entanto as outras duas empresas encerraram coleta por conta do não recebimento dos meses em que trabalhou na limpeza urbana da cidade, a prefeitura não tem nenhum plano de contingenciamento.

Fonte: alemdofato.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *